Sexta-feira, 8 de Dezembro de 2006

Eu, Confesso! - As Bombinhas

Recuando no tempo…

Local, Serra do Açor numa quente noite de Verão.

Caso tenha estado, nessa noite, em amena cavaqueira de penico na mão pensando em ir vestir-se de mulher para uma inesperada actuação com o grupo de teatro da aldeia e de repente se sentiu atingido, no seu braço, por um objecto voador não identificado, desconhecendo de onde veio e para onde foi, ou se estava simplesmente a dançar em plena courela de Badocha e a determinada altura se sentiu perseguido por um cheiro intenso a ovos podres, que o fez perder toda a vontade de dançar agarradinho ao seu par, não continue a pensar que o mal estava no seu companheiro/a!

Okay! Também não confiava cegamente nisso. De qualquer modo, a principal razão de perturbação das suas fossas nasais, teve origem numa meia dúzia de bombinhas de mau cheiro, lançadas a duas mãos contra o muro do palco onde actuava o grupo do costume.

O espectáculo, garanto, foi ainda melhor do que algum dia havia previsto, já que o cheiro se propagou tal e qual uma combustão espontânea que avança sem qualquer contemplação, arrasando tudo o que lhe aparece à frente.

Percorridos uns bons metros, já perto da casa da tia Geme ainda me sentia perseguido por aquele cheiro intenso, como se tivesse sido eu a libertar um gás metano e este apesar de já cá fora, ainda quisesse fazer parte de mim.

Passados estes anos, eu confesso ter sido o autor de tamanha destabilização da noite em Badocha! Foi um plano meticulosamente preparado, os riscos foram calculados e já agora aproveito para deixar uma palavra de apreço e agradecimento para a senhora da papelaria que me permitiu a compra das bombinhas de mau cheiro em pleno Verão, já fora da época alta. Por muito boa vontade que eu tivesse, sem ela, nada daquilo teria sido possível.
sinto-me: Culpado
música: Pimba
publicado por Arroto Azul às 10:10
link do post | Arrotar | favorito
|
3 comentários:
De Estagiário Farmacêutico a 1 de Janeiro de 2007 às 12:54
Se fosses ao confessionário o Senhor Padre ia-te obrigar a rezar durante o resto da semana para te redimires dos teus pecados...por isso se fores pelo menos vai no fim da semana =P
De Arroto Azul a 2 de Janeiro de 2007 às 16:56
Acho que uma garrafinha de tinto era o suficiente...
De Arroto Azul a 2 de Janeiro de 2007 às 16:57
Acho que uma garrafinha de tinto era o suficiente...

Arrotar post

.Mais sobre mim

.pesquisar

 

.Arrotos recentes

. As leituras de Arroto Azu...

. A TODOS...

. Curso de Formação Inicial...

. Vende-se!

. Parabéns (atrasados)!

. Tens Muito Que Aprender

. Momentos

. 22 de Março - Dia Mundial...

. Pára Tudo!

. Actores Brilhantes?

.Arquivos

.Arrotos Amigos

A Mona Lisa Tinha Gases

Algures no Ribatejo

A Vidinha de Uma Gaja

Diário da Ni

Diários de Bordo

Caroxinha Perdida

Cheirinho a Alfazema

DragonGirl

Grupo Flamingo

Gatafunhos

Ideias Nulas

Mar e Areia

Palpites e Tal

Ritmos Presos

Salpicos de Luz

Suspeitas

Simplesmente Meu...

Tem Dias

The Puzzle of My Life

Teia d'Aranha

.O Meu Selo




Creative Commons License
O conteúdo deste blog está protegido por uma Licença Creative Commons.
Free Guestbooks by Bravenet.com View my Guestbook
Free Guestbooks by Bravenet.com
blogs SAPO

.subscrever feeds