Quinta-feira, 14 de Junho de 2007

(Des)conversa de Vendedor

Final da tarde, passando junto de uma vidraça cheia de aliciantes fotografias de casas à venda, para todos os bolsos, ou nem por isso, e para todas as preferências quando Xamakita disse:

- Olha esta aqui tão gira! (e tão cara)

Respondi, pensando no que viria a seguir:

- Estas já estamos fartos de ver, vamos embora...

Isto porque à porta, fumando, com toda a certeza o seu enésimo cigarro da tarde se encontrava um dos vendedores da agência! Sabia que ele não ia perder oportunidade de tentar ganhar mais uma comissão, impingindo a quem ele não imaginava tratar-se de duas pessoas que não têm dinheiro nem para fazer com que o homem estátua mude de posição, numa das suas representações de rua!

E não é que tentou mesmo?

- Boa tarde! Olhem que isto agora está bom para comprar casa.

Ripostei...

- Está bom é para vender!

Como homem de oportunidades, continuou a tentar fazer negócio!

- Mas tem casa para vender é?

E eu:

- Não!

Fui sincero...

Era persistente o senhor! Continuou o interrogatório...

-Mas os senhores têm casa própria?

...e eu continuei a deixá-lo confuso!

- Hmmm! Mais ou menos! (que resposta mais engraçada! Afinal de contas não deixa de ser verdade... eu considero o meu quarto o meu T0)

Fez-se silêncio...

- Mas olhe bem para o preço desta casa. 55 mil euros! Olhe que não encontram casas por este preço! Estão a pensar em comprar casa? (deve ter dado o exemplo daquela que seria com certeza uma casa em ruínas, atendendo a que ao lado estavam casas avaliadas em 300 mil euros!)

A responsável por termos parado ali, completamente ciente do porquê eu ter tentado demovê-la de ver a montra e já farta da conversa do tal vendedor respondeu:

- Andamos apenas a ver, só daqui a um ano estamos a pensar em comprar casa!

- Mas olhe que daqui a um ano as casas não devem estar tão baratas! Ainda têm tendência a descer um pouco mas daqui a um ano...

Tentei passar a imagem que percebo do assunto e disse:

- Isso depende dos mercados sabe como é!

Ele deve ter achado que percebia mesmo...

- Sim, isto nunca se sabe com vai ser! Mas olhe, vou-lhe dar aqui um catálogo com o meu contacto caso seja preciso alguma coisa já sabem.

Entrou dentro da agência, voltou de catálogo em punho, agradecemos a atenção (que por acaso até tínhamos dispensado!) e despedimo-nos até um dia!
música: Alegre Casinha
publicado por Arroto Azul às 16:55
link do post | Arrotar | favorito
|

.Mais sobre mim

.pesquisar

 

.Arrotos recentes

. As leituras de Arroto Azu...

. A TODOS...

. Curso de Formação Inicial...

. Vende-se!

. Parabéns (atrasados)!

. Tens Muito Que Aprender

. Momentos

. 22 de Março - Dia Mundial...

. Pára Tudo!

. Actores Brilhantes?

.Arquivos

.Arrotos Amigos

A Mona Lisa Tinha Gases

Algures no Ribatejo

A Vidinha de Uma Gaja

Diário da Ni

Diários de Bordo

Caroxinha Perdida

Cheirinho a Alfazema

DragonGirl

Grupo Flamingo

Gatafunhos

Ideias Nulas

Mar e Areia

Palpites e Tal

Ritmos Presos

Salpicos de Luz

Suspeitas

Simplesmente Meu...

Tem Dias

The Puzzle of My Life

Teia d'Aranha

.O Meu Selo




Creative Commons License
O conteúdo deste blog está protegido por uma Licença Creative Commons.
Free Guestbooks by Bravenet.com View my Guestbook
Free Guestbooks by Bravenet.com
blogs SAPO

.subscrever feeds