Sábado, 23 de Setembro de 2006

Cansaço

Ultimamente tenho acordado a meio da noite para ir à casa de banho. É o meu passeio nocturno. Umas vezes vou lá porque não me controlei durante o sonho, outras porque bebi água a mais antes de me deitar. O problema é mesmo quando volto ao aconchego da minha cama para dormir, não consigo!

Não é que me tenha vindo a deitar tarde. Okay, esta frase podia facilmente dar lugar a um trocadilho, mas também não me está apetecer reformulá-la. Como estava a dizer, deito-me por volta da meia-noite e meia. Mas o meu organismo anda desregulado. Anda estranho. Estou com uma preguiça descomunal. Penso em fazer algo, até tenho uma grande vontade, mas quando chega a hora fico sem forças, fico pesado. Apodera-se de mim um cansaço sem explicação e acabo mesmo por não concretizar a minha vontade de fazer determinadas coisas.

Para verem como eu ando, há semanas que me preparo para acabar um jogo na PS2, organizo o meu dia seguinte em função desse grande objectivo e quando chega a hora… fico deitado em frente à TV a ver o Inspector Max! Já não sou o que era.

Não sei que se passa, mas desconfio que seja deste tempo meio fraquito. A chuva amolece uma pessoa. Para quem prefere o Sol, como eu, este tempo meio sombrio, acompanhado das fictícias rajadas de vento causadas pelo furacão Gordon, que nunca chegou a passar por Portugal, excepto nos noticiários, deixa-me assim desolado e sem vontade de fazer coisa alguma.

O que acontece quando volto da casa de banho e o sono não chega, é ligar a televisão e decorar todos os números de telefone que aparecem no giga shopping! É claro que isto é mentira, eu não decoro todos, apenas os das vassouras eléctricas que conseguem limpar em qualquer recanto da casa! Vai onde os aspiradores não vão e limpa na perfeição alcatifas e tapetes. Desliza em pisos de madeira sem danificar a superfície. E ao contrário dos outros aparelhos, não tenho de deslocar os móveis, anda para frente, para trás, para ambos os lados e tem escovas laterais.

Bem, mas isto tudo foi para vos dizer que tenho cocó! Acho que não é um grande cocó, mas é daquele que incomoda. Sei que está aqui qualquer coisa que não me deixa dormir descansado, pelo menos até à hora de ir fazer o xixi da praxe lá por volta da cinco e meia, seis horas da manhã… 

sinto-me:
música: Chico Fininho - Rui Veloso
publicado por Arroto Azul às 01:22
link do post | Arrotar | favorito
|

.Mais sobre mim

.pesquisar

 

.Arrotos recentes

. As leituras de Arroto Azu...

. A TODOS...

. Curso de Formação Inicial...

. Vende-se!

. Parabéns (atrasados)!

. Tens Muito Que Aprender

. Momentos

. 22 de Março - Dia Mundial...

. Pára Tudo!

. Actores Brilhantes?

.Arquivos

.Arrotos Amigos

A Mona Lisa Tinha Gases

Algures no Ribatejo

A Vidinha de Uma Gaja

Diário da Ni

Diários de Bordo

Caroxinha Perdida

Cheirinho a Alfazema

DragonGirl

Grupo Flamingo

Gatafunhos

Ideias Nulas

Mar e Areia

Palpites e Tal

Ritmos Presos

Salpicos de Luz

Suspeitas

Simplesmente Meu...

Tem Dias

The Puzzle of My Life

Teia d'Aranha

.O Meu Selo




Creative Commons License
O conteúdo deste blog está protegido por uma Licença Creative Commons.
Free Guestbooks by Bravenet.com View my Guestbook
Free Guestbooks by Bravenet.com
blogs SAPO

.subscrever feeds