Domingo, 15 de Janeiro de 2006

Jantar de Aniversário

Tal como foi divulgado no nosso blog, ontem estivemos em festa… TMARAZUL festejou o seu trigésimo aniversário!

Como não podia deixar de ser a aniversariante organizou uma jantarada em sua casa, para comemorar esta data tão marcante. Os convidados de luxo não faltaram. Para além do seu marido Pecos Bill, que apenas foi convidado à última da hora após ter feito o seu primeiro comentário a um texto da autoria de Tmarazul, dedicado ao mesmo, juntaram-se também o seu cunhado Tio Neon, a sua amiga cujo nome de guerra ainda está por apurar, Catwoman&Danny Boy e claro Vanuska e eu, Arroto Azul.

Hora de encontro 20h00.

A essa hora lá estávamos a tocar à campainha, para partilhar esta data tão especial e claro comer até não poder mais, ou até não haver, fondue. Enquanto esperávamos pelo elevador demos de caras com os vizinhos do 3º Andar, os maiores fãs das nossas sessões de Karaoke (que em breve terão direito a um cantinho especial no nosso Blog), que com um olhar especial nos saudaram, a medo é certo talvez receando uma resposta mais aguda ou um boa noite a soar a alguma música dos ABBA. Entrámos, felicitámos Tmarazul, esta recebeu as suas prendinhas, algumas ainda com preço retirado a tempo, e assim se dava início à noite de rambóia. A malta foi-se dirigindo para a sala, ocupando os seus lugares na mesa, enquanto na cozinha se ultimava o jantar. A mesa estava recheada… ele era carne, batatas fritas, fruta, lichias, molhos para todos os gostos e claro para além do Sumol, bebida de eleição de Tio Neon, a Coca-Cola que viajou durante todo o jantar entre uma ponta e outra da mesa, entre Pecos e Arroto. Ups! Parece que esquecia algo que estava nesta mesa, confesso que não é de perto nem de longe algo que eu tenha prazer em degustar… dizem os seus apreciadores que sabe a cerveja e há até quem lhes chame de pilinhas! O seu nome técnico é espargos e também lá estavam…

O jantar teve início, numa temperatura ambiente bem fresquinha, que apenas foi possível aquecer, após algumas tentativas é certo, alterando o ar condicionado para o modo Anticiclone. Fomos comendo até não poder mais, uns mais cedo do que outros,  enquanto a conversa se centrou em sonhos e seus significados, esoterismos e outras ciências e mitos urbanos. Ficámos a saber que alguém de luvas pretas tentou asfixiar Catwoman enquanto Tmarazul esteve presente no Terramoto de 1755 e que Pecos adormece quando tenta rever o passado! Descobrimos também que sou um ser especial e tenho o poder da Projecção, Tio Neon não gosta de leite e passa a vida a sonhar com aranhas, Danny Boy sonha com o trabalho e talvez venha a ser Pai por causa de uma lengerie que anda perdida nos sonhos da sua mais que tudo. 

Finalmente, e depois de ter vindo mais uma dose de batatas fritas, a pedido dos resistentes, lá conseguimos acabar com a comida toda que estava na mesa. Mas se pensam que acabou, estão muitos enganados ainda faltava o bolo de aniversário, de chiclate e Champagne (que mais uma vez Tio Neon, não largou durante toda a noite).

E vai a cima, e vai a baixo, vai ao centro e vai para dentro…

A conversa continuou à mesa e quer dizer, a malta não é de ferro… a fome já apertava outra vez… foi aí que eu e Vanuska decidimos provar só mais um cadinho de Bolo. Enquanto confirmávamos que o Livro das Respostas, falhava em todas as perguntas que fazíamos.

A conversa estava animada mas era altura de decidir onde é que a festa iria continuar. Depois de muita indecisão entre esse grande bar de transformismo e uma noitada a jogar Monopólio lá decidimos por mais uma noite a cantar. A malta abancou nos lugares do costume, Tmarazul fez as honras da casa, cantando a primeira música, e depois a segunda e a terceira e assim sucessivamente, enquanto eu e a minha cara-metade nos agarrámos… aos bombons, Tio Neon lia livros e o resto da malta acompanhava o Karaoke.

Demorou a aquecer mas no fim, até os mais cépticos se renderam e acabaram por cantar, deixando para trás livros e vergonhas. Cantámos a bandeiras despregadas sem grandes preocupações de volume até perto da uma da manhã. Pelo meio fizeram-se promessas de umas voltinhas à igreja para ver se encontramos alguém conhecido e claro ficou em aberto a realização do jogo do copo…
publicado por Arroto Azul às 11:20
link do post | Arrotar | favorito
|

.Mais sobre mim

.pesquisar

 

.Arrotos recentes

. As leituras de Arroto Azu...

. A TODOS...

. Curso de Formação Inicial...

. Vende-se!

. Parabéns (atrasados)!

. Tens Muito Que Aprender

. Momentos

. 22 de Março - Dia Mundial...

. Pára Tudo!

. Actores Brilhantes?

.Arquivos

.Arrotos Amigos

A Mona Lisa Tinha Gases

Algures no Ribatejo

A Vidinha de Uma Gaja

Diário da Ni

Diários de Bordo

Caroxinha Perdida

Cheirinho a Alfazema

DragonGirl

Grupo Flamingo

Gatafunhos

Ideias Nulas

Mar e Areia

Palpites e Tal

Ritmos Presos

Salpicos de Luz

Suspeitas

Simplesmente Meu...

Tem Dias

The Puzzle of My Life

Teia d'Aranha

.O Meu Selo




Creative Commons License
O conteúdo deste blog está protegido por uma Licença Creative Commons.
Free Guestbooks by Bravenet.com View my Guestbook
Free Guestbooks by Bravenet.com
blogs SAPO

.subscrever feeds