Domingo, 15 de Outubro de 2006

Dedicatória



É sem rumo certo que embarco neste mar de palavras que te escrevo…

Muito tempo se passou desde que nos vimos a primeira vez. Rapidamente deu para perceber que estava perante alguém especial. Responsável, aplicada, inteligente, segura de si mesmo e das suas capacidades. Sempre disposta a ajudar e a fazer acreditar os outros de que também eles seriam capazes de ultrapassar as suas dificuldades, medos e de concretizar os seus objectivos. É por isso, que aproveito este momento para te agradecer por isso mesmo…

Começo agora a relembrar, momentos que talvez estivessem perdidos no tempo… como as fofocas e a má língua que tantas vezes estiveram presentes nas conversas do nosso grupo, mas sempre com grande sentido de humor… Não deixávamos escapar nada. Tudo era bom tema de conversa desde que desse para nos rirmos um pouco. De início, sempre muito calada, reservada e sem dizer nada que pudesse ser mal interpretado… mas, há medida que todos nós nos íamos começando a conhecer melhor, acabámos por ganhar uma maior cumplicidade ao ponto de participarmos no desaparecimento mistério do telemóvel da J.B. na aula de Análise… 

Por esta altura, talvez te questiones sobre o porquê da escolha desta fotografia para acompanhar estas minhas palavras… confesso que depois de alguma procura nos arquivos fotográficos, infelizmente, só encontrei uma fotografia em que estivéssemos lado a lado… e aqui para nós, praticamente não se notava que eras tu para além de que eu não estava propriamente fotogénico nesse dia! Sendo assim, só me restava prendar-te com algo que tivesse algum significado para mim e que na minha opinião combinasse com a tua personalidade… foi por isso que escolhi esta fotografia, por mim tirada. Um pôr do Sol… um momento único que eu tive a oportunidade de registar. Talvez não tenhamos noção, mas ao olhar este belo fenómeno que se repete diariamente, apesar de nunca ser igual, apercebemo-nos do quão rápida é a passagem do astro rei pela linha do horizonte… são necessários apenas breves minutos para que a luz do dia comece a dar lugar à noite escura! 

É assim que posso definir as alegrias e os bons momentos que vivemos nas nossas vidas… como belos, inexplicáveis mas, infelizmente, fugazes.

Por isso mesmo, espero que saboreies e valorizes cada momento de felicidade, cada vitória, cada objectivo que atinjas ao longo da tua vida e registes tudo isso na tua caixinha das memórias para que quando aquele dia menos bom teimar em não ir embora, tu possas reviver tudo novamente, mesmo que seja por breves segundos, para que mantenhas nos teus lábios o sorriso e no olhar aquele brilho que sempre me habituei a ver…

É assim, que ao recorrer à minha caixinha das recordações eu te vejo e desejo que continues a ser…

Finalmente e como não podia deixar de ser, só tenho mais uma coisa a dizer… És o nosso orgulho!!


Este foi um texto dedicado a uma grande colega de curso, que felizmente este ano  concretizou mais um objectivo na sua vida.
publicado por Arroto Azul às 00:00
link do post | Arrotar | favorito
|

.Mais sobre mim

.pesquisar

 

.Arrotos recentes

. As leituras de Arroto Azu...

. A TODOS...

. Curso de Formação Inicial...

. Vende-se!

. Parabéns (atrasados)!

. Tens Muito Que Aprender

. Momentos

. 22 de Março - Dia Mundial...

. Pára Tudo!

. Actores Brilhantes?

.Arquivos

.Arrotos Amigos

A Mona Lisa Tinha Gases

Algures no Ribatejo

A Vidinha de Uma Gaja

Diário da Ni

Diários de Bordo

Caroxinha Perdida

Cheirinho a Alfazema

DragonGirl

Grupo Flamingo

Gatafunhos

Ideias Nulas

Mar e Areia

Palpites e Tal

Ritmos Presos

Salpicos de Luz

Suspeitas

Simplesmente Meu...

Tem Dias

The Puzzle of My Life

Teia d'Aranha

.O Meu Selo




Creative Commons License
O conteúdo deste blog está protegido por uma Licença Creative Commons.
Free Guestbooks by Bravenet.com View my Guestbook
Free Guestbooks by Bravenet.com
blogs SAPO

.subscrever feeds