Sexta-feira, 23 de Outubro de 2009

Sabes? Não sabes?!

Basta andarmos uma vez na vida de barco, comboio ou metro para ser quase 100% garantido que damos de caras com alguém a pedir uma pequena ajuda monetária…

 

Uns são mais originais do que outros, alguns deles são bem talentosos, outros apenas cheiram mal, há ainda aqueles que tiveram pouca sorte e a quem a vida visivelmente lhes pregou uma partida, ou ainda os que apenas não estão para se chatear a aturar os chefes e trabalham por conta própria!

 

Tocam acordeão, tocam concertina, pedem esmola em estilo rap, exploram cãezinhos colocando-lhes pequenos cestos ao pescoço para depositar as moedas…

 

Mas hoje decidi falar-vos dum talento mais divertido. Podia falar-vos do casal que se auto-apresenta como sem abrigo, que vende carteiras para o passe e canetas do Pato Donald para não andarem a roubar. Ele de longa barba, amarelo esbranquiçada, boné na cabeça e sobretudo seja Verão ou Inverno e a mulher, que me apanhando distraído me pregou um susto da primeira vez que a vi, exibindo mesmo em frente aos meus olhos, umas unhas dignas de concorrer ao Guiness e uma barbicha bem encaracoladinha!

 

Como referi, poder até podia, mas não vou mesmo falar-vos deste casal…

 

Voltando ao talento bem que me leva a escrever este post… Contar anedotas/adivinhas e dizer poemas às beldades da última carruagem do comboio que vai no sentido Cascais é algo que alegra logo a manhã de qualquer um!

 

Entra na estação de Algés e cumprimenta logo a primeira pessoa que encontra dentro da carruagem, com um valente aperto de mão.

Enquanto as mãos unidas e bem apertadas chocalham para cima e para baixo lá vem a pergunta acompanhada de uma pequena palmada no esqueleto com a mão que está livre…

 

Sabes porque é que as galinhas chocam?

 

Quando a vítima é uma das que ainda não o conhece, age de forma tímida e desconfiada. Aliás, muitos daqueles que o conhecem adoptam uma postura mais defensiva quando são abordados.

 

Sabes? – volta a insistir, enquanto as mãos continuam a chocalhar mesmo após várias tentativas de libertação por parte do passageiro.

 

Não sabes? É porque não têm travões…

 

É nesta altura que, com um sorriso rasgado e um É boa esta!, liberta a massacrada mão e dirige-se para o “cliente” seguinte…

 

Sabes qual é o animal mais antipático do Jardim Zoológico?

Sabes?


Não Sabes? É o elefante, que está sempre de trombas! -
esclarece desenhando no ar uma tromba imaginária…

 

Qual é o animal que faz amor com as patas? É o pato!

 

Porque é que o porco anda sempre com a cabeça virada para o chão? Porque tem vergonha da mãe que é Porca!

 

Quem não tem mãos como se chama? Maneta, não é? E quem não tem pernas? Perneta… E quem não tem pilinha? É uma mulher…

 

Sabes? Sabes? Não sabes? Sabes? Sabes? Não sabes? Sabes? Sabes? Não sabes?
Sabes? Sabes? Não sabes? Sabes? Sabes? Não sabes? Sabes? Sabes? Não sabes?
Sabes? Sabes? Não sabes? Sabes? Sabes? Não sabes? Sabes? Sabes? Não sabes?
Sabes? Sabes? Não sabes? Sabes? Sabes? Não sabes? Sabes? Sabes? Não sabes?
Sabes? Sabes? Não sabes? Sabes? Sabes? Não sabes? Sabes? Sabes? Não sabes?
Sabes? Sabes? Não sabes? Sabes? Sabes? Não sabes? Sabes? Sabes? Não sabes?
Sabes? Sabes? Não sabes? Sabes? Sabes? Não sabes? Sabes? Sabes? Não sabes?
Sabes? Sabes? Não sabes? Sabes? Sabes? Não sabes? Sabes? Sabes? Não sabes?

 

E lá continua até ao fim da carruagem, alternando as adivinhas com um ou outro poema a lisonjear algumas das senhoras que ali viajam.

 

Imaginem o número de mãos que não são tocadas ao longo do percurso! Em vésperas de pandemia de gripe no nosso país, esta não é uma prática muito segura… Confesso-vos que não é nada fácil escapar aquela mão sapuda que vem ao encontro da nossa. Ou se recusa convictamente tal aperto ou lá estamos nós condenados a uns bons segundos de “bacalhau” mesmo depois de ingloriamente termos tentado aproveitar aquela gordurinha acumulada para deixar escapulir os nossos dedinhos! Os únicos que se safam são aqueles que dormem profundamente (ou pelo menos fingem), apesar de uma pequena insistência não deixar de ser feita.

 

Como o melhor se guarda para o final, deixo-vos aquela que para mim é a piada mais brilhante…

 

Vê lá se sabes esta! Quem não tem pais é o quê?

 

Sabes? Sabes? Não sabes?

 

É órfão…

 

E quem não tem avós?

 

Sabes? Sabes? Não sabes?

 

Quem não tem a voz é mudo!

 

A melhor de todas, não concordam?

 

E assim se transforma um trajecto que tinha tudo para ser monótono e entediante num verdadeiro espectáculo de Stand Up Comedy!

 

AH! Mas não é tudo… estava a esquecer-me de um pormenor importantíssimo e que muda todo este cenário. Diga-mos que o torna mais molhado.

 

O senhor que no final das suas actuações confessa ter estado internado durante alguns meses depois de um grave acidente de comboio e como tal arranjou esta forma de pedir uma pequena ajuda para minimizar as suas dificuldades, não tem a sua dentição completa e evidencia uma pequena deficiência na fala… Está visto que quando ele se aproxima, mais parece que está a chover. A última vez que ele me abordou esteve em grande. Aquilo é que foi ver disparos e mais disparos em todas as direcções. Efeitos da contra luz. Camisola, calças, mãos, nada escapou aos gafanhotos!

 

E pronto, são assim as vantagens e desvantagens de andar em transportes públicos.

 

P.S.: O que me vale é o gel desinfectante que trago na mochila!

sinto-me: Seguro, aqui!
publicado por Arroto Azul às 12:53
link do post | favorito
De emma_leiria a 25 de Outubro de 2009 às 15:15

Hahahahahhahaha...é ao ler estas situações que fico indecisa se prefiro a vida no campo ou na cidade..
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres


Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.Mais sobre mim

.pesquisar

 

.Arrotos recentes

. As leituras de Arroto Azu...

. A TODOS...

. Curso de Formação Inicial...

. Vende-se!

. Parabéns (atrasados)!

. Tens Muito Que Aprender

. Momentos

. 22 de Março - Dia Mundial...

. Pára Tudo!

. Actores Brilhantes?

.Arquivos

.Arrotos Amigos

A Mona Lisa Tinha Gases

Algures no Ribatejo

A Vidinha de Uma Gaja

Diário da Ni

Diários de Bordo

Caroxinha Perdida

Cheirinho a Alfazema

DragonGirl

Grupo Flamingo

Gatafunhos

Ideias Nulas

Mar e Areia

Palpites e Tal

Ritmos Presos

Salpicos de Luz

Suspeitas

Simplesmente Meu...

Tem Dias

The Puzzle of My Life

Teia d'Aranha

blogs SAPO

.subscrever feeds